4.21.2014

Ténue

As luzes desta cidade
Cegam o que resta do meu raciocínio.
O meu objetivo é perder-me
Nesta espiral luminosa de encruzilhadas.
Por curvas talvez encontrarei o caminho certo,
O caminho para a lucidez.
“De loucos todos temos um pouco”
E pouco falta para desse lado ficar.
Não temo o cair na insanidade,

Tenho medo de lá permanecer.





Sem comentários:

Enviar um comentário